COMO POSSO AJUDAR?

De momento, é apenas uma ideia, mas está a ponderar-se a inclusão de uma “plataforma de troca justa” que permitisse aos utilizadores a introdução das suas “necessidades” e a ligação a outros da sua área local que pudessem ajudar. Poderá ser necessária a instalação de um sistema de avaliação, mas a ideia seria a promoção de intercâmbios de confiança com a população local, assim como entre outros “vizinhos da terra”.

Em baixo estão alguns exemplos do tipo de ajuda que se antecipa ser necessária. Se tiver outras ideias que queira partilhar, entre por favor em contacto.

  • Pode ajudar a localizar proprietários de terras? Tem conhecimentos sobre a Lei?
    Há muitas terras abandonadas em Portugal. Mesmo abandonadas, têm dono, muitas vezes difícil de encontrar. A legislação em vigor e a interpretação do que é propriedade são factores que apenas complicam, ou até inibem, a integração em projectos de regeneração (como o que está a ser iniciado com Vizinhos da Terra). É necessária ajuda para lidar criativamente com a questão de como poderão indivíduos, famílias ou grupos com pouco ou nenhum dinheiro, e que desejam devotar as suas energias ao cuidado da terra, tornar-se os seus guardiões reconhecidos; é também necessário analisar maneiras de formalizar esse estatuto no enquadramento do actual sistema legal ou efectivar as alterações necessárias. Se tem informações úteis que deseje partilhar, entre por favor em contacto.
  • Sabe traduzir / interpretar?
    Haverá quem não seja fluente em Português e poderá haver sempre a necessidade da presença de um tradutor fluente para ajudar em assuntos, como negociar com proprietários, etc.
  • Marcos de fronteira?
    A Conservatória do Registo Predial Português não possui desenhos das fronteiras entre terrenos. Essa informação depende da referenciação de terrenos vizinhos (estando portanto dependente de acordo com esses vizinhos). É um método agradável, por ser muito pessoal. Mas pelo bem de todos os potenciais vizinhos da terra que querem saber os limites do que consideram ser o “seu projecto” e estar cientes de até onde o seu projecto pode ir, esse poderia ser um serviço muito útil.
  • É designer de Permacultura?
    Haverá sempre necessidade de professores!

Se quiser registar o seu interesse, entre em contacto via o formulário de contacto.